sexta-feira, 23 de outubro de 2015

TESTE SEUS CONHECIMENTOS
O que você sabe sobre o câncer de mama?
1-O câncer de mama é o tipo mais comum na população feminina mundial e brasileira, depois do câncer de pele. Sobre ele é possível afirmar que:
A) Atinge principalmente as mulheres antes dos 50 anos
B) A incidência é alta, mas vem diminuindo em todo o mundo
C) O modo de vida nas sociedades modernas aumenta o risco da doença
Parte superior do formulário
C) O modo de vida nas sociedades modernas aumenta o risco da doença
Parte inferior do formulário
Justificativa:
A incidência do câncer de mama vem aumentando em todo o mundo,
especialmente por conta do estilo de vida nas sociedades modernas. A redução do número de filhos e da prática do aleitamento materno, primeira gestação tardia, sedentarismo, obesidade(especialmente após a menopausa), o consumo de álcool, entre outros, são fatores que aumentam o risco de câncer de mama.
O risco de desenvolver a doença aumenta principalmente a partir dos 50 anos.

1-  Existem alguns mitos associados ao câncer de mama. Qual das afirmativas abaixo não é um mito?
A) Mamas volumosas representam maior risco de desenvolvimento da doença
B) Uso de desodorante antitranspirante causa câncer de mama.
C) Homens também podem ter câncer de mama.

Parte superior do formulário
C) Homens também podem ter câncer de mama.
Parte inferior do formulário
Justificativa:
Os homens também têm câncer de mama, embora em percentual significativamente menor quando comparado às mulheres (apenas 1% do total de casos).
O tamanho das mamas,o uso de desodorante antitranspirante e o uso de sutiãs de qualquer tipo não aumentam o risco da doença.
Outro mito muito disseminado é que depressão ou "guardar mágoas" causa câncer. Mas não existem evidências científicas que corroborem essa crença.

3- Os fatores de proteção do câncer de mama são:
A) Atividade física, uso de anticoncepcionais e dieta rica em proteínas
B) Ato de amamentar, atividade física e controle do peso corporal
C) Controle do peso corporal, consumo regular de pequenas doses de álcool e controle do estresse.
B) Ato de amamentar, atividade física e controle do peso corporal
Justificativa:
A prevenção implica em aumentar os fatores de proteção e reduzir os fatores de risco modificáveis. Aleitamento materno, prática de atividade física, redução do consumo de bebidas alcoólicas e manutenção do peso corporal adequado diminuem o risco de câncer de mama.

2-      O câncer de mama é influenciado pelos hormônios femininos, e algumas situações da vida reprodutiva aumentam o risco da doença. Dentre elas, destacam-se:
A) Não ter tido filhos e não ter amamentado
B) Menopausa após 50 anos e múltiplas gestações
C) Não ter amamentado e primeira menstruação após os 12 anos

A)     Não ter tido filhos e não ter amamentado
Justificativa:
Quanto maior a exposição ao hormônio estrogênio, maior o risco de desenvolver câncer de mama. Esta exposição ocorre naturalmente no próprio organismo e é favorecida nas seguintes situações da vida reprodutiva: primeira menstruação antes dos 12 anos, não ter tido filhos, não ter amamentado e menopausa tardia.

3-      A herança genética familiar para o câncer de mama é responsável por aproximadamente:
A) 5 a 10% do total de casos
B) 80% do total dos casos
C) 50% do total dos casos
A) 5 a 10% do total de casos
Justificativa:
Apenas 5 a 10% do total de casos de câncer de mama ocorrem devido à herança genética familiar. A maioria dos casos não tem causa determinada e está relacionada aos demais fatores de risco reconhecidos (endócrinos e ambientais).

4-      Uma das condições que caracterizam risco elevado de câncer de mama é:
A) Qualquer história de câncer de mama na família
B) História familiar de qualquer tipo de câncer
C) História de câncer de mama em parentes de primeiro grau antes dos 50 anos
C) História de câncer de mama em parentes de primeiro grau antes dos 50 anos
Justificativa:
O risco elevado de câncer de mama inclui:
- História familiar de pelo menos um parente de primeiro grau (mãe, irmã ou filha) com diagnóstico de câncer de mama, abaixo dos 50 anos de idade;
- História familiar de pelo menos um parente de primeiro grau (mãe, irmã ou filha) com diagnóstico de câncer de mama bilateral ou câncer de ovário, em qualquer faixa etária;
- História familiar de câncer de mama masculino.
7- principal sinal/sintoma suspeito de câncer de mama é:
A) Irritação e coceira na pele da mama
B) Nódulo mamário persistente e endurecido
C) Inchaço e endurecimento das mamas próximo à menstruação
B) Nódulo mamário persistente e endurecido
Justificativa:
O principal sinal do câncer de mama é o nódulo (caroço) mamário endurecido, fixo e geralmente indolor. Outros sinais são: endurecimento de partes da mama; mudança na pele (retração ou aparência de "casca de laranja"); saída espontânea de líquido do mamilo; vermelhidão ou mudança na posição ou formato do mamilo; nódulo no pescoço ou nas axilas.
8-O Ministério da Saúde, baseado em evidências científicas, recomenda que a mamografia de rastreamento, isto é, a realizada rotineiramente por mulheres sem sinais e sintomas suspeitos de câncer de mama, seja feita por mulheres:
A) Entre os 50 e os 69 anos, uma vez a cada dois anos
B) A partir dos 40 anos, anualmente
C) Em qualquer idade nos casos de risco genético

A)     Entre os 50 e os 69 anos, uma vez a cada dois anos.
Justificativa:
Pesquisas demonstram que o benefício do rastreamento com mamografia é maior entre 50 e 69 anos e que existe maior incerteza sobre os benefícios e maiores riscos em mulheres fora dessa faixa etária. A mamografia permite melhor identificação das lesões em mulheres após a menopausa. Antes disso, as mamas são mais densas e a sensibilidade da mamografia fica reduzida, gerando maior número de falsos-negativos (resultado negativo para paciente com câncer).
Em mulheres com menos de 50 anos, a prevalência do câncer de mama é menor, diminuindo o benefício do rastreamento e aumentando o número de falsos-positivos (resultado positivo para câncer em pacientes sem câncer), gerando exposição desnecessária à radiação e a mais exames.
9- Como forma de contribuir para a detecção precoce do câncer de mama, é recomendado que toda mulher:
         A) Faça mensalmente a palpação das mamas utilizando uma técnica específica
         B) Observe as alterações nas mamas no período pré-menstrual
        C) Conheça suas mamas e fique alerta às alterações suspeitas da doença, a qualquer tempo.
         C) Conheça suas mamas e fique alerta às alterações suspeitas da doença, a qualquer tempo.
      Justificativa:
      A estratégia de alerta estimula a mulher a conhecer o que é normal em suas mamas e   a perceber alterações suspeitas de câncer, por meio do conhecimento dos sinais de alerta, da observação e palpação de suas mamas em situações do cotidiano, sem uma
periodicidade e técnica padronizadas.
10- A mamografia de rastreamento deve ser realizada na faixa etária e periodicidade recomendadas para aumentar os benefícios desta prática e diminuir riscos. Dentre os possíveis riscos, destaca-se:
   A) Risco elevado de indução de câncer de mama pela radiação (RX) do exame
B) Descoberta de câncer de evolução lenta que não ameaçaria a vida (sobrediagnóstico) e tratamento desnecessário (sobretratamento)
C) Ocorrência de lesões mamárias pela compressão das mamas
B) Descoberta de câncer de evolução lenta que não ameaçaria a vida (sobrediagnóstico) e tratamento desnecessário (sobretratamento)
Justificativa:
Os riscos de realizar mamografia de rastreamento fora da periodicidade e faixa etária recomendadas são: sobrediagnóstico (quando o rastreamento identifica um câncer que não ameaça a vida da mulher) e sobretratamento (uso desnecessário de cirurgia, hormonioterapia e radioterapia, com seus respectivos riscos e efeitos colaterais). O sobrediagnóstico pode ocorrer em todas as faixas etárias, mas é mais frequente em mulheres com mais de 70 anos.
Há risco de indução de câncer de mama pela radiação (RX), mas esse risco é considerado muito baixo.
11- O que é o exame clínico das mamas?
      A) Auto-observação das mamas realizada pela própria mulher
      B) Exame conhecido como preventivo ginecológico (Papanicolaou)
     C) Observação e palpação das mamas feitas por profissional de saúde capacitado
             C) Observação e palpação das mamas feitas por profissional de saúde capacitado
             Justificativa:
             O exame clínico das mamas é a palpação das mamas por um médico ou enfermeiro  treinados. Está técnica pode detectar tumores superficiais a partir de 1 cm.
           12- A mulher que perceber alteração suspeita em uma das suas mamas deve procurar  rapidamente uma avaliação médica. No Sistema Único de Saúde (SUS) o serviço indicado para avaliar inicialmente a queixa de alteração mamária é:
                A) Unidade Básica de Saúde/ Posto de Saúde
                B) Hospital especializado em câncer
                C) Unidade de Emergência
                A) Unidade Básica de Saúde/ Posto de Saúde


        Justificativa:
            A atenção primária à saúde (Estratégia Saúde da Família ou Posto de Saúde) é responsável por acompanhar as mulheres na rotina e por avaliar inicialmente a mulher com alterações suspeitas da mama. Confirmada a suspeição, a mulher será encaminhada para a atenção secundária (clínicas especializadas) para prosseguir a investigação diagnóstica. Confirmado o câncer (pelo laudo da biopsia), a mulher será encaminhada para tratamento na atenção terciária (hospital especializado).

                  A atenção primária deve priorizar o atendimento da mulher sintomática, que apresente sinais ou sintomas de câncer de mama.

fonte: INCA.

Movimento Outubro Rosa

O movimento conhecido como Outubro Rosa nasceu nos Estados Unidos, na década de 1990, para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama e promover a conscientização sobre a importância da detecção precoce da doença.
Desde 2010, o INCA participa do movimento, promovendo espaços de discussão sobre câncer de mama, divulgando e disponibilizando seus materiais informativos, tanto para profissionais de saúde quanto para a sociedade.

Campanha Outubro Rosa 2015

Em 2015, a campanha do INCA no Outubro Rosa tem como objetivo fortalecer as recomendações para o diagnóstico precoce e rastreamento de câncer de mama indicadas pelo Ministério da Saúde, desmistificando crenças em relação à doença e às formas de redução de risco e de detecção precoce.
Espera-se ampliar a compreensão sobre os desafios no controle do câncer de mama. Esse controle não depende apenas da realização da mamografia, mas também do acesso ao diagnóstico e ao tratamento com qualidade e no tempo oportuno. Ressalta-se ainda a necessidade de se realizar ações ao longo de todo o ano e não apenas no mês de outubro.
Os eixos da campanha são:
  • Divulgar informações gerais sobre câncer de mama.
  • Promover o conhecimento e estimular a postura de atenção das mulheres em relação às suas mamas e à necessidade de investigação oportuna das alterações suspeitas (Estratégia de Conscientização).
  • Informar sobre as recomendações nacionais para o rastreamento e os benefícios e os riscos da mamografia de rotina, possibilitando que a mulher tenha mais segurança para decidir sobre a realização do exame. Fonte:Inca

sábado, 8 de agosto de 2015

Festa da Padroeira Nossa Senhora da Saúde na Comunidade de São Geraldo, atrai muitos fieis!


Foi com muita manifestação da fé e devoção que os moradores e visitantes da Comunidade de São Geraldo, deu início as festividades religiosa e sociocultural da Festa de sua Padroeira - Nossa Senhora da Saúde, que se estende até o dia 15 de Agosto, com Missa Solene e Procissão de encerramento.

Hoje, 08/08/15, inicía-se o Novenário, com o tema "A Igreja comunidade de irmãos que vive, celebra e anuncia a Palavra de Deus a partir das 19h00min, e será conduzido pelos noiteiros compostos por:
Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Caraúbas; SINDISPUMC; Grupo de Idosos "Amantes das Caraubeiras"; Pastoral do Idoso; CDL; Comerciantes; Grupo de Mulheres de São Geraldo; Colônia de Pescadores; Tero das Mulheres e afilhados(as).

 
Fotos e Oração do site Nossa S. da Saúde

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Pele saudável com hortelã


Que tal, ter uma pela saudável com uma receitinha que você mesma poderá fazer em casa? Milhares de impurezas se aglomeram no rosto diariamente, impedindo que a pele respire devidamente. Deixar a pele em contato com o vapor da água com hortelã é a dica da Samantha Enande, especialista da Sociedade Brasileira de Medicina Estética de São Paulo, para limpar e permitir que a pele do rosto respire de forma saudável...veja a dica!

Receita caseira para a pele

Ingredientes 

  • Água
  • Folhas de hortelã

Modo de fazer 

Quando estiver fervendo, desligue. Em seguida, jogue as folhas de hortelã. Com cuidado e sempre mantendo uma boa distância, a recomendação da especialista é deixar a pele em contato com o vapor durante cinco minutos, repetindo esse procedimento uma vez por semana.

Fonte: bolsademulher

Canal Saúde

Toda terça-feira o Canal Saúde transmite um programa ao vivo, chamado Sala de Convidados. O programa consiste em um debate sobre as políticas públicas do setor saúde. Nesta terça-feira (07), será apresentado o primeiro programa da série sobre a 15ª Conferência Nacional de Saúde. Esse programa tem grande relevância por tratar do regimento da conferência que traz muitas mudanças nessa edição. O objetivo maior é privilegiar a participação popular em detrimento do caráter institucional do evento. Novas regras foram criadas com esse intuito. Através do programa, os atores da saúde poderão entender melhor o que vai acontecer na conferência em dezembro, em Brasília.


O Sala de Convidados, por ser ao vivo, permite a participação do espectador que tem a chance de formular perguntas, fazer críticas e tirar dúvidas enquanto o programa está no ar. Profissionais de Saúde e o público em geral poderão falar diretamente para cada entrevistado e ter suas questões respondidas.


Para mais informações a respeito, acesse: www.canalsaude.fiocruz.br

Novos números da Dengue no Estado do RN



A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio do Programa Estadual de Controle da Dengue, divulgou nesta segunda-feira (6) os novos números da doença no Rio Grande do Norte. As informações são referentes à semana epidemiológica nº 13, com dados coletados até o dia 04 de abril. Ao todo, foram notificados 8.361 casos suspeitos de dengue no estado, o que representa um aumento de 217,06% em comparação ao mesmo período do ano passado. Do total de notificações, 857 casos foram confirmados.
 Os cinco municípios que mais notificaram foram Natal (2.094), Currais Novos (529), Parnamirim (457), Parelhas (431) e Mossoró (260). Quanto à incidência em dengue, 38 municípios apresentaram alta, 29 estão com média, 65 estão com baixa e 35 apresentaram incidência silenciosa.
A coordenadora do Programa Estadual de Controle da Dengue, Sílvia Dinara Alves, ressalta a importância dos municípios notificarem os casos suspeitos da doença, para colaborar com o planejamento das ações de combate ao agravo. Segundo ela, a principal arma contra a doença é a prevenção, responsabilidade de todos.
O Programa chama a atenção para os cuidados com relação a possíveis criadouros do mosquito Aedes Aegypti, transmissor do agravo, para enfrentar a epidemia. Dessa forma, a Sesap orienta para que a população intensifique as medidas de prevenção, entre elas: não acumular lixo em locais inapropriados e manter a lixeira fechada, manter as caixas d’água e outros recipientes de armazenamento de água fechados; não deixar água acumulada sobre a laje ou calhas; colocar areia nos vasos das plantas, entre outras.

Fonte: sesap rn


SESAP RN realizará evento para promoção da saúde dos servidores.



O excesso de peso e a obesidade estão cada vez presente devido ao atual estilo de vida da população (sedentarismo, consumo de alimentos industrializados e o baixo consumo de Frutas, Legumes e Verduras, o fumo e o álcool). No estado do RN, segundo as informações do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional – SISVAN, o número de crianças de 0 a 10 anos com excesso de peso representou 38,51% de 162.124 crianças avaliadas. Na capital do estado do RN, o estudo realizado pelo Ministério da Saúde – O Vigitel 2013 -  avaliando os adultos, encontrou-se que 52,6% estavam com sobrepeso e 16,6%  com obesidade.
Na perspectiva de realizar uma ação para controlar e atuar na promoção da saúde e prevenção de agravos, a Área Técnica de Alimentação e Nutrição em parceria com o Programa de Doenças e Agravos não Transmissíveis e as Práticas Integrativas Complementares, agindo em consonância com a Política Nacional de Alimentação e Nutrição no qual reforça a importância do estado em promover ações de Vigilância Alimentar e Nutricional.
Em alusão a comemoração ao Dia Mundial da Saúde, a SESAP irá promover nos dias 08 e 09 de abril uma oficina com 220 profissionais da saúde de todo o estado do RN para mobilizar sobre o tema. No primeiro dia, o tema central aborda a importância da alimentação saudável trazendo as informações do novo Guia Alimentar para a População Brasileira e no 2º momento do mesmo dia será divulgado o 1º concurso cultural da SESAP “1 minuto por favor” com a proposta de desenvolver vídeos educativos por adolescentes com o tema da alimentação saudável. O 2º dia terá como tema central as ações sobre as Práticas integrativas corporais com a proposta de como trabalhar mais o corpo para o desenvolvimento de saúde.
Aproveitando o grande público, no dia 08 de abril será lançado oficialmente o 1º curso de Ensino à Distância da SESAP que tem como proposta capacitar todos os profissionais da atenção básica e gestores municipais do estado do RN. O curso é autoinstrutivo o que também possibilita que outros profissionais/estudantes de graduação possam realizar o curso e conhecer mais sobre o Programa de Suplementação de Vitamina A. Esse curso EaD foi desenvolvido em parceria com a Secretaria de Ensino a Distância da UFRN utilizando a plataforma do telessaude.

Fonte: ascomsesaprn

sábado, 28 de março de 2015

Intertv Costa Branca

Foto G1
Foi inaugurada na noite desta sexta-feira (27), em Mossoró, no Rio Grande do Norte, a emissora número 123 da Rede Globo: a Inter TV Costa Branca.
É a segunda afiliada Globo no estado. Vai cobrir 123 municípios do interior, atendendo mais de 1,5 milhão de telespectadores. Antes, toda a cobertura era da Inter TV Cabugi, que continua atuando em toda a Região Metropolitana de Natal.

A nova emissora faz parte da Rede Inter TV que atua no Rio Grande do Norte, Minas Gerais e Rio de Janeiro.
No Rio Grande do Norte  o sinal  atenderá 123 cidades e terá programação e jornalismo locais.

Domingo de Ramos...O que significa para a Igreja Católica?


  1. O domingo de ramos é o ponto de início da semana santa, ele abre essa comemoração que culminará 7 dias depois no domingo de páscoa.
    O grande significado do domingo de ramos  é a entrada de Jesus em Jerusalém, o início de seu processo de entrega total para a salvação da humanidade. Quando Cristo entra na cidade sentado sobre um jumento está simbolizando o domínio do homem sobre a mente, uma nova era que se inicia, todo esse processo atingi diretamente a sociedade moralista e radical da época que não aceita as palavras do salvador.
    partir daí começa a semana santa onde na sexta-feira haverá a crucificação e no domingo a ressurreição de Jesus.
    Fonte:conção nova

Descanse em paz eternamente Bruno Sales!

quarta-feira, 18 de março de 2015

Protocolo de Assistência Materno Infantil será lançado no Rio Grande do Norte

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e Projeto RN Sustentável lançam, nesta sexta-feira (20), o Protocolo da Assistência Materno Infantil do Estado do Rio Grande do Norte, um manual de condutas clínicas abordando temas relevantes para a prevenção das morbimortalidades maternas e infantis. O evento acontece às 9h no auditório da EMATER – Centro Administrativo.
Viabilizado através de recursos do Projeto RN Sustentável o protocolo faz parte de um conjunto de ações para o fortalecimento da rede materno infantil e será implantado inicialmente em 40 maternidades públicas e filantrópicas do estado, através da capacitação (prevista para o segundo semestre) de 200 profissionais dessas unidades.
O manual foi elaborado pela equipe da Sesap (Coordenação de Promoção à Saúde, Subcoordenadoria de Ações de Saúde e áreas técnicas de Saúde da Mulher e da Criança) em parceria com a Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do RN (SOGORN), Sociedade de Pediatria do RN (SOPERN), UFRN, UERN, Comitê Estadual de Luta pela Redução da Mortalidade Materna, Infantil e Fetal, e Instituto Alberto Santos Dumont.
Ana Petta, gerente do Projeto RN Sustentável e da Unidade Executora Setorial Saúde (UES), explicou que o protocolo é uma necessidade antiga dos profissionais que atuam na área. “É um marco na história do atendimento materno infantil do RN. É um trabalho que levou anos para ser construído e envolveu os maiores especialistas do estado e vai servir de referência para ser implantado em qualquer maternidade, inclusive as privadas”, falou Ana Petta.
Os protocolos clínicos são condutas e procedimentos desenvolvidos a partir de critérios técnicos e científicos de eficácia e efetividade que dão a garantia ao paciente de que ele terá um atendimento seguro, com cuidados assistenciais e condutas diagnósticas e terapêuticas pré-definidas, além de auxiliar os profissionais de saúde em decisões sobre a melhor e mais apropriada conduta em situações clínicas específicas. Entre os temas de destaque do Protocolo estão a assistência ao pré-natal, prevenção e tratamento da pré-eclâmpsia e eclampsia, assistência ao recém-nascido prematuro, icterícia neonatal, diabetes gestacional e hemorragia pós-parto.
“Há muito se fazia necessária a elaboração de uma parametrização de condutas médicas atualizadas e padronizadas, acessível aos profissionais que militam na área ginecológico-obstétrica. Este protocolo é uma iniciativa honrada e louvada pela inalienável contribuição para a prática de uma medicina moderna e humana em nosso estado”, disse o secretário estadual de saúde, Ricardo Lagreca.
As quarenta maternidades que serão contempladas situam-se nos municípios de: Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Extremoz, Macaíba, São José de Mipibu, Goianinha, Santo Antônio, Nova Cruz, Mossoró, Apodi, Caraúbas, Areia Branca, Ceará-Mirim, João Câmara, Macau, Lajes, Currais Novos, Santana do Matos, Jucurutu, Caicó, Parelhas, São Paulo do Potengi, Santa Cruz, Alexandria, Almino Afonso, Pau dos Ferros, São Miguel, Assu e Angicos.

Fonte:SESAP RN

quarta-feira, 11 de março de 2015

Câmara Legislativa de Caraúbas faz homenagem as mulheres que já foram vereadoras

Lurdinha Guerra - Cidadã, Ex Vereadora (Créditos da foto Icem Caraúbas)

Foi realmente um gesto muito bonito a homenagem feita às mulheres que já foram vereadoras. Algumas destas mulheres estiveram presentes reunião do dia 06/03/15, as 16:00 no auditório da Câmara de Vereadores. Quem lá esteve presente viu e aprovou! Parabéns ao Presidente Edson Morais pela iniciativa!

Fonte:blog icemcaraúbas. 

segunda-feira, 9 de março de 2015

Nessa Segunda que antecede o Dia Internacional da Mulher..Uma reflexão!

Tire o pó se precisar.
” Não deixe suas panelas brilharem mais do que você!!!
Não leve a faxina ou o trabalho tão a sério!
Pense que a camada de pó vai proteger a madeira que está por baixo dela!
Uma casa só vai virar um lar quando você for capaz de escrever “Eu te amo” sobre os móveis!
Antigamente eu gastava no mínimo 8 horas por semana para manter tudo bem limpo,
caso “alguém aparecesse para visitar” – mas depois descobri que ninguém passa “por acaso” para visitar – todos estão muito ocupados passeando, se divertindo e aproveitando a vida!
E agora, se alguém aparecer de repente? Não tenho que explicar a situação da minha casa a ninguém..
.As pessoas não estão interessadas em saber o que eu fiquei fazendo o dia todo enquanto elas passeavam, se divertiam e aproveitavam a vida…
Caso você ainda não tenha percebido: A VIDA É CURTA… APROVEITE-A!!!
Tire o pó… se precisar…
Mas não seria melhor pintar um quadro ou escrever uma carta,
dar um passeio ou visitar um amigo, assar um bolo e lamber a colher suja de massa,
plantar e regar umas sementinhas?
Pese muito bem a diferença entre QUERER e PRECISAR !
Tire o pó… se precisar…
Mas você não terá muito tempo livre… Para beber champanhe, nadar na praia (ou na piscina), escalar montanhas, brincar com os cachorros, ouvir música e ler livros, cultivar os amigos e aproveitar a vida!!!
Tire o pó… se precisar… Mas a vida continua lá fora, o sol iluminando os olhos, o vento agitando os cabelos, um floco de neve, as gotas da chuva caindo mansamente….
- Pense bem, este dia não voltará jamais!!!
Tire o pó… se precisar… mas não se esqueça que você vai envelhecer e muita coisa não será mais tão fácil de fazer como agora…
E quando você partir, como todos nós partiremos um dia, também vai virar pó!!!
Ninguém vai se lembrar de quantas contas você pagou, nem de sua casa tão limpinha,
mas vão se lembrar de sua amizade, de sua alegria e do que você ensinou.
AFINAL: “Não é o que você juntou, e sim o que você espalhou que reflete como você viveu a sua vida.”
Uma semana de luz para todos .
Autor Desconhecido.

quarta-feira, 4 de março de 2015

O que dizem sobre a qualidade no Brasil

Muito se tem dito que a qualidade é algo do passado. Que foi o impulso do Japão após a II Grande Guerra, mas que agora é uma commodity, ou seja, não é diferencial no mundo de hoje que demanda por maior sofisticação para competir no mercado, etc. Uma forma bem simples de mostrar esse engano está no fato de que todo o dia percebemos uma serie de problemas, absurdos, e não os enxergamos sob a ótica da qualidade.
Vamos a alguns exemplos nossos, aqui da nossa terra: nesta época do ano a neblina impede a decolagem e a aterrissagem no aeroporto Salgado Filho, ou provoca atrasos com consequências em uma série de atividades e na própria economia. O que isso tem a ver com qualidade? Tudo.
Aqui, a primeira falha está na não prevenção do problema. Qualidade começa na prevenção. O que fazer para prevenir? Investir em tecnologias que permitem minimizar ou até mesmo solucionar de vez o problema da neblina e, é claro, treinar as pessoas para o melhor uso do sistema. Simples mas importante.
Há algum tempo atrás tivemos o problema da adulteração do leite. Foi por falta de prevenção? Não necessariamente, pois há normas, padrões, etc. que definem os parâmetros aceitáveis no leite. Com certeza, houve falha na avaliação, no controle sobre o produto, na rastreabilidade da cadeia do leite.
Então, a avaliação ou inspeção também é parte da qualidade. Isso poderia ter prevenido a má intenção dos infratores. O pior é que sempre há desdobramentos posteriores, ou seja, a falta de prevenção e avaliação tende a se refletir em perdas reais que podem ser internas à organização ou a seus clientes, sociedade e outras partes envolvidas.
Educação, tema complexo, mas fundamental. Quando uma escola ensina seus alunos é esperado que os mesmos demonstrem ter aprendido. Durante todo um ano recursos humanos, materiais e financeiros são colocados a serviço deste objetivo. Mas o que acontece quando há evasão ou a não aprendizagem? Há perdas que se costuma dizer por falha interna, ou seja, algo no processo de aprendizagem (nesse caso) não funcionou de acordo.
Mais uma vez os desdobramentos de uma falha interna podem se traduzir em perdas para a sociedade. É tão importante isso que a Toyota há mais de 40 anos definiu que qualquer operador de fábrica possa parar a linha de produção caso observe a existência de uma falha no processo produtivo do automóvel, no momento de sua fabricação. Isso visa impedir a propagação da falha.
Por fim temos situações em que a prevenção, a avaliação e a falha interna não foram percebidas e o problema se manifesta diretamente na sociedade, no cliente, na comunidade. É a chamada falha externa. Exemplo típico são os recalls de automóveis.
Imaginem o que custa um recall. Muitas vezes mais do que qualquer investimento na melhoria da prevenção. É a falta de qualidade por excelência. Bem, então o que podemos fazer? Fala-se tanto no padrão FIFA, não é? Padrão, esta é a palavra-chave. Muitas vezes vista como uma forma de engessamento ou de burocracia. Não, padrões inteligentes possibilitam fazer mais com menos, repetir o bom desempenho, melhorar o desempenho para níveis superiores e, no nível de maior maturidade, alavancar a inovação pelo domínio do conhecimento adquirido com sua prática, criando outro padrão, se for ocaso.
Um bom padrão se preocupa com prevenção e avaliação nos pontos críticos de forma a minimizar as falhas, além de orientar a correta execução do que precisa ser feito. A qualidade está em tudo. Infelizmente a temos percebido quando da sua falta. Precisamos mais do que nunca de qualidade no Brasil. Mais do que imaginamos. Pense nisso.
Eduardo V. C. Guaragna é engenheiro, mestre em administração, diretor do PGQP e membro da Academia Brasileira da Qualidade (ABQ).

Fonte: Academia Brasileira da Qualidade.

Metas Internacionais para segurança do paciente

Falhas no processo de trabalho colocam em risco a Segurança do Paciente e em alguns casos podem ocasionar a morte. Vamos trabalhar de forma preventiva!!! 

​​​Em outubro de 2004, a Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou a Aliança Mundial para Segurança do Paciente e identificou processos que poderiam contribuir com essa es​tratégia.

O objetivo principal da iniciativa é evitar danos ao paciente e, dessa forma, reduzir as consequências negativas de um atendimento realizado de forma insegura.
 - Adote conduta consciente
- Esteja atento, no desenvolvimento de todo procedimento
- Cuide do paciente como você gostaria de ser cuidado.


Fonte: OMS
Foto da web
Arquidiocese de Natal celebrará no dia 05 de Março os 15 anos da memória da beatificação dos Bem-Aventurados Mártires de Cunhaú e Uruaçu, os padres André de Soveral e Ambrósio Francisco Ferro, além do leigo Mateus Moreira e seus 27 companheiros.
A programação festiva será realizada em dois momentos. A primeira, no próprio dia 5, com a ordenação sacerdotal dos diáconos Erivan Júnior e Wagner Martins, às 18h, na Catedral Metropolitana de Natal. Já a segunda, será uma celebração eucarística, no dia 15 de março, às 10h, no Monumento dos Mártires, em Uruaçu, no município de São Gonçalo do Amarante. As duas celebrações serão presididas pelo arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha.
Os Mártires de Cunhaú e Uruaçu foram beatificados pelo Papa São João Paulo II no dia 5 de março de 2000, na Praça de São Pedro, no Vaticano.
No território da Arquidiocese de Natal, ainda existem três Paróquias dedicadas aos Mártires: Beato Ambrósio Francisco Ferro, no bairro Planalto; Beato Mateus Moreira, no bairro Cidade Verde, e Beato André de Soveral, em Emaús. Há ainda, o Santuário dedicado Bem-Aventurados Mártires, no bairro de Nazaré, zona oeste de Natal.

Desde 2007, o dia 3 de outubro tornou-se feriado no Rio Grande do Norte. A data da festa litúrgica em homenagem aos Mártires de Cunhaú e Uruaçu, os Protomártires do Brasil, é 3 de outubro. (Com informações do G1 RN)

domingo, 1 de março de 2015

A bela Nice, na Riviera Francesa

Ficheiro:Nice-night-view-with-blurred-cars 1200x900.jpg
Nice - França
Fundada por gregos, a cidade de Nice pertencia aos italianos até 1860. Ficou também sob a influência da Inglaterra até voltar à mão dos franceses, há mais de um século. Hoje, a capital da Costa Azul tem sotaque próprio e virou a “queridinha descolada” do público que curte mar e badalação.

A capital da Riviera Francesa (ou Cote d’Azur) só poderia ser mesmo uma ‘Nice’, ou seja, linda e agradável na tradução literal americana. Além do glamour das inúmeras grifes, carrões e casarões, a quinta maior cidade da França foi abençoada pela santa natureza. Fica na baía dos Anjos, em meio a muitas áreas verdes, 8 km de praias mediterrâneas e sol quase o ano inteiro. Para completar, dois rios (Paillon e Magnan) cortam a pequena metrópole, que ainda tem os Alpes no cenário de fundo. 
É lindo de se ver e se encantar com a beleza e o azul do mediterrâneo que contrasta com o seus edifícios de modernos!

Médicos em movimento para protestar contra a política do ação do governo Dilma

Foto da web
Os médicos, que foram às ruas fazer campanha para o candidato a presidente Aécio Neves, são a primeira categoria a se organizar para o movimento do dia 15, em Natal RN.
Uma concentração será na Associação Médica, às 14h30, e outra, no Aeroclube, às 15 horas sairão em passeata pela Hermes da Fonseca, rumo ao Midway Mall.
Já estão sendo providenciados pirulitos de cartolina, faixas, tendas com água, frutas, picolés e material para pintura do rosto, carro de som e trio elétrico, e as camisetas com o tema já podem ser reservadas na sede do Sindicato dos Médicos.
A categoria informará à STTU e Polícia sobre o movimento.
Fonte: thaizagalvão.

Como anda seu intestino?

Foto web

Sem dúvida este é um dos órgãos vitais que mais influencia em nossa saúde. Participante do sistema digestório, o intestino de um adulto tem cerca de 250 m2 de área (para se ter uma ideia, este tamanho de área é maior do que uma quadra de tênis!). Tudo isso para que ele exerça da melhor maneira os papéis fundamentais que tem sobre a digestão (1).

É subdividido em dois tipos, de acordo com suas funções (1, 2):
- o intestino delgado, que libera enzimas para digestão e absorve os nutrientes;
- o intestino grosso, que absorve água e outros nutrientes restantes, que não foram absorvidos no delgado, ao mesmo tempo em que forma as fezes (que nada mais são do que uma mistura de água, fibras, restos alimentares, bactérias e toxinas).

Se pensarmos com calma nesse assunto, vamos ver que o papel do intestino vai muito além de uma simples digestão. Ele é a porta de entrada dos nutrientes que serão distribuídos por todo o organismo. Daí a importância de que ele esteja sempre saudável, e para isso, a alimentação natural e integral é fundamental. Por isso o motivo de usufruímos de produtos naturais

São as águas de Março no cenário político do RN?

Sobre a Operação Sinal Fechado, Rinaldo Reis, procurador geral de justiça , informou que a delação do chefe do esquema que lucraria com implantação da inspeção veicular pelo governo do Rio Grande do Norte, George Olímpio, foi feita em agosto.
A operação Sinal Fechado, que tem tirado o sono e o juízo de alguns políticos, promete muitas novidades, nada agradáveis,  com o surgimento de mais envolvidos.
O anúncio foi feito pelo procurador geral de Justiça, Rinaldo Reis, em entrevista ao Jornal de Hoje, que sem citar nomes, deixou claro que mais revelações vem por ai.
Ele não disse nomes, mas avisou que vem mais por aí.

Especial - Veja o que Erick Wilson Pereira fala sobre licitação no serviço público

Em época de imprevisibilidade e instabilidade econômica potencializada por escândalos de corrupção de grande magnitude, a segurança jurídica, mais que nunca, impõe-se imprescindível ao equilíbrio da sociedade. Quando a segurança de orientação (certeza da ordem) e a segurança de realização (confiança na ordem) se fragilizam, todos ficam vulneráveis: do empresário investidor ao cidadão contribuinte.
Como espectro de passado recente, paira a percepção de que a administração pública não tem zelado a contento pela estabilidade e pela ordem nas relações jurídicas, condições que são essenciais ao Estado democrático de Direito.
No mundo das licitações, os governos se obrigam a ter bem claros seus objetivos e regras nas contratações de grandes obras, de modo a oferecer segurança jurídica e financeira para investidores.
As contratações públicas exigem da administração uma delimitação precisa do objeto que pretende contratar, especialmente quando envolve recursos vultosos e os contratos se estendem por décadas com contraprestação pecuniária da parceria pública.
As negligências põem em risco não apenas a eficiência e a transparência, mas o equilíbrio econômico-financeiro dos contratos e do próprio interesse público. Nem sempre o decurso de tempo pode restaurar a legalidade violada, de modo a justificar soluções que sopesem os valores envolvidos e apliquem os princípios jurídicos saneadores.
Assim sendo, antes da celebração de um contrato, a administração tem a oportunidade de revisar seus atos mediante processo de controle lastreado no poder de autotutela administrativa – meio de zelar pela legalidade de seus atos e pela adequação destes ao interesse público. Anula-os, quando eivados de vícios; revoga-os por motivo de conveniência ou de oportunidade, sob o respaldo do interesse público decorrente de fato comprovado e pertinente; convalida-os, quando possível.
A autotutela abriga limitações que impedem a desconstituição de contratos ou de seus efeitos, apesar de sua importância como princípio que impõe à administração o dever de zelar pela regularidade de seus atos. Tais limitações se relacionam à segurança jurídica, à proteção da confiança, ao interesse público e dos particulares contratados, à boa-fé dos administrados e aos direitos fundamentais.
É a segurança jurídica, princípio sustentáculo do sistema normativo, que garante o nível de estabilidade e certeza nas relações jurídicas, possibilita antecipar com antecedência as consequências dos atos do Estado e induz os cidadãos à confiança na conduta do sistema.
É direito constitucional e garantia material para que outros direitos e liberdades se concretizem; princípio que preserva a estabilidade das relações jurídicas estabelecidas. Por consequência, o poder público, em face de suas limitações administrativas, há que exercer suas prerrogativas de anular ou revogar seus atos com prudência, coerência e previsibilidade.
Fiscalização leniente
Com a globalização da economia e a ampliação dos interesses da administração, alguns extremamente complexos na sua realização, o Estado se vê desafiado no seu poder-dever de anular ou revogar seus atos em consonância com o respeito à segurança jurídica.
Em prol do interesse público, consórcios empresariais entre licitantes são formados com o objetivo de potencializar a concorrência, fazendo surgir novos parceiros dotados de habilidades técnicas diferenciadas.
Amiúde, contratos administrativos são celebrados com os líderes de consórcios, esquecendo a administração dos riscos em responsabilizar os coconsorciados ante obras com problemas.
Alterações nos projetos básicos com prejuízo da qualidade e da celeridade das obras se tornaram corriqueiras. Parcerias público-privadas que, ao beneficiarem uma das partes do contrato, a exemplo do concessionário privado, costumam resultar em prejuízos consideráveis para o Estado e para a sociedade.
Cada vez mais populosas, as cidades demandam obras que absorvem elevado volume de recursos públicos, impondo-se a necessidade de planejamento, detalhamento, pesquisa e fiscalização, com estrutura humana dotada de capacidade técnica adequada às complexidades das obras licitadas.
Tais contratos representam um grande desafio à administração, não só pelos vultosos valores materiais envolvidos, mas pela relevância social da obra e pela existência de variáveis complexas específicas à realização, obstáculos na fiscalização dos recursos aplicados e nas etapas de execução. Essa multiplicidade de fatores acarreta em dificuldades de atuação de órgãos de controle.
A negligência e a fiscalização leniente têm aberto as portas para os maiores conluios entre empresas e práticas anticoncorrenciais e de formação de cartel que temos conhecimento. Associações empresariais ilícitas de grande porte têm violado todos os princípios licitatórios, nas contratações bilionárias da Petrobras e do metrô de São Paulo.
Somam-se às regras do poder-dever, as da lei anticorrupção, com punições administrativas e civis mais rígidas para empresas corruptas, com estímulo aos programas de “compliance” e colaboração para a redução das sanções. Novos paradigmas surgem, leis e jurisprudências mudam, nem sempre com mecanismos de acomodação que respeitam a segurança jurídica.
Em favor do aperfeiçoamento do processo licitatório, ou da prevenção e diminuição das práticas ilícitas e dos desvios de recursos públicos, impõe-se a obviedade do fortalecimento e do aparelhamento dos órgãos de controle.
A desmedida prática de irregularidades e a reiteração do uso de meios ilícitos não representam questões morais, tampouco culturais. São resultado da ineficiência do gerenciamento do sistema e das lacunas e fragilidades do arcabouço legal.
Erick Wilson é advogado eleitoral.
Fonte: www.uol.com.br