sábado, 1 de dezembro de 2012

O mundo se mobiliza no Dia Mundial de Luta Contra a AIDS

No Dia Mundial de Luta contra a AIDS - Diga NÃO ao Preconceito e a Falta de Informação!
Todos os dias milhares de pessoas morrem vítimas da AIDS, destas, milhares morrem por falta de informação. Saiba que cada um de nós devemos associar nosso compromisso em deter o avanço desta doença entre os jovens brasileiros, que apresentam alto índice de falta de informação ou de não utilizarem a camisinha nas relações sexuais, segundo pesquisas atuais divulgadas.
Debater o assunto em escolas, nas empresas, nos órgãos públicos e atuarem no papel informativo e preventivo para massificar a informação e os cuidados na hora da relação sexual, para evitarmos um mal crescente e destruidor da vida.


  • EM CARAÚBAS RN
Para marcar a data, a Secretaria Municipal de Saúde, que tem a frente Juliana Carlos, vem realizando diversas atividades com o objetivo de alertar a população para os riscos da não prevenção. Ações vem sendo divulgadas, como forma de chamar a todos para cuidarem da saúde. Na manhã desta sexta (30/11) foi realizada uma capacitação/atualização para os Enfermeiros e Técnicos de Enfermagem sobre a Temática AIDS, a palestra foi ministrada pela Enfermeira Elisabete Fernandes.

No dia D de Combate a AIDS - Dia 1º de Dezembro, acontecerá distribuição de preservativos masculinos na feira livre do município e coleta de sangue para realização do teste de HIV no centro de Saúde Dr. João Marinaldo de Holanda a partir das 8h00 da manhã.  (Fonte: Enfermeiro Junior Welton).

  • NO MUNDO   
A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, popularmente conhecida como aids, é uma doença infecto-contagiosa causada pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV), que leva à perda progressiva da imunidade. A infecção ataca as células do sistema imunológico, destruindo os glóbulos brancos (linfócitos T CD4+). A falta desses linfócitos diminui a capacidade do organismo de se defender de doenças oportunistas. Quanto mais a doença progride, mais compromete o sistema imunológico e, consequentemente, a capacidade de o portador se defender de infecções.
Sintomas - Os primeiros sintomas aparentes causados pela aids são fraqueza, febre, emagrecimento e diarreia prolongada sem causa aparente. Na criança que nasce infectada, os efeitos mais comuns são problemas nos pulmões, diarreia e dificuldades no desenvolvimento.
Outros sintomas que indicam a contaminação pelo HIV são candidíase oral, sensação constante de cansaço, aparecimento de gânglios nas axilas, virilhas e pescoço, febre, fraqueza orgânica, transpirações noturnas e perda de peso superior a 10%.
Quando a doença está em um estágio mais agudo o paciente pode apresentar faringite, dores musculares e nas articulações; ínguas e manchas na pele que desaparecem após alguns dias; feridas na área da boca, esôfago e órgãos genitais; falta de apetite; estado de prostração; dores de cabeça; sensibilidade à luz; perda de peso; náuseas e vômitos.
Diagnóstico - Para combater cada vez mais a disseminação do vírus da aids, em 2005, o Ministério da Saúde implantou o teste rápido para HIV, disponível, gratuitamente, em toda Rede Pública de Saúde. O teste de aids pode ser feito gratuitamente nos Centros de Testagem e Aconselhamento (CTAs). O resultado sai em apenas 30 minutos.
Saber do contágio pelo HIV precocemente aumenta a expectativa de vida do soropositivo e quem busca tratamento especializado no tempo certo e segue as recomendações do médico ganha em qualidade de vida. É importante ressaltar que a presença do HIV no sangue só pode ser constatada de 30 a 60 dias após a exposição ao vírus. Assim, um teste de aids feito durante o período de janela imunológica pode apresentar um falso resultado negativo. A janela imunológica é o intervalo de tempo entre a infecção pelo vírus da aids e a produção de anticorpos anti-HIV no sangue. Por isso, é melhor esperar mais 30 dias e refazer o exame.
Desde a implantação da testagem, a Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), do Ministério da Saúde, (Brasil) já registrou um aumento de 340% no número de testes ofertados (de 528 mil, 2005, para 2,3 milhões, em 2011). De janeiro a setembro deste ano, já foram distribuídas 2,1 milhões de unidades do exame e a expectativa é fechar 2012 com a remessa de cerca de 2,9 milhões, apenas para detecção do HIV.
Transmissão - O HIV pode ser transmitido pelo sangue, esperma e secreção vaginal, principalmente no momento da relação sexual. O portador do HIV, mesmo sem apresentar os sintomas da aids, pode transmitir o vírus, por isso, a importância do uso de preservativo em todas as relações sexuais. O sexo oral também é uma das formas de contágio do HIV. O risco de contaminação durante o sexo oral é maior quando há ferimentos na boca (gengivites, aftas, machucados causados pela escova de dente) e se houver ejaculação.
Existe também a possibilidade da transmissão vertical, ou seja, da mãe infectada para o feto durante a gestação e o parto (conhecida como aids congênita) e se a gestante que tem o vírus não fizer o pré – natal correto a transmissão do HIV também pode acontecer por meio do leite materno.
A infecção pelo HIV não é transmitida por contato casual como abraçar, suor, beijo, picada de mosquitos, participação em esportes, tocar objetos tocados anteriormente por uma pessoa infectada pelo vírus, ou uso de banheiros públicos.
Tratamento - A aids ainda não tem cura. Porém, o Ministério da Saúde - Brasil - oferece aos portadores do HIV tratamento gratuito para viver com a doença. Ao procurar ajuda médica o paciente terá acesso ao tratamento antirretroviral. O objetivo do tratamento é melhorar a qualidade de vida do paciente e reduzir a carga viral, possibilitando a reconstituição do sistema imunológico. O atendimento é garantido pelo SUS.
Os soropositivos recebem tratamento e acompanhamento gratuitos nos Serviços de Atenção Especializada (SAE). Atualmente, o Ministério da Saúde disponibiliza gratuitamente 20 antirretrovirais, que representam investimentos de R$ 850 milhões por ano na aquisição dos medicamentos. Esses medicamentos retardam o aparecimento da aids e possibilitam maior qualidade de vida ao portador do vírus. Os antirretrovirais agem na redução da carga viral e na reconstituição do sistema imunológico.
Prevenção – O uso da camisinha durante a relação sexual é imprescindível para evitar a transmissão da aids. Os preservativos oferecem 10 mil vezes mais proteção contra o vírus da aids. Também deve-se evitar o compartilhamento de seringas e agulhas.
Gestantes devem obrigatoriamente fazer o teste de HIV durante o pré-natal. Se estiverem infectadas, é fundamental iniciar logo o tratamento a fim de evitar que o vírus seja transmitido para o feto. Hoje, é perfeitamente possível para uma mulher infectada engravidar e dar à luz um bebê livre do vírus.
Números da doença - Cerca de 70% dos pacientes com aids, que recebem medicamentos pelo SUS, - Brasil, apresentam cargas virais indetectáveis, ou seja, estão vivendo cada vez mais. Também houve uma queda de 12% no coeficiente de mortalidade padronizado (número de óbitos para cada 100 mil habitantes utilizando-se uma população padrão). A taxa de 6,3 óbitos por 100 mil habitantes em 2000 caiu para 5,6 em 2011.
Fonte: Blog da Saúde/MS

CREAS Caraúbas RN realizará Campanha Informativa de Prevenção ao uso das Drogas


 

Com o tema: ALERTA SOCIAL - O Centro de Referência Especializado de Assistência Social, (CREAS), coordenado por Aline Sales, em parceria com a Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social, que tem a frente Maria Josilene Bezerra  realizará  Campanha Informativa de Prevenção ao uso das Drogas. A campanha acontecerá no período de 03 a 14 de Dezembro de 2012 e tem como slogan:    Alerta Social: "Eu cuido de minha família... Não uso drogas!"

O objetivo da campanha é sensibilizar a socedade caraubense para as consequências sociais e familiares do uso das das drogas e dos perigos que a dependência coloca na vida pessoal. familiar e social. O projeto contará com atividades, como: Visita às escolas públicas do Município, urbana e rural, levando a informação através de palestras e distribuição de fôlder (03 a 05/12),  Missa de Ação de Graça as 16h00 no dia 10/12,  Cultos Solenes na Igreja de Cristo do Bairro Leandro Bezerra (11/12), Blitz, Grafitagem e caminhada denominada de "Caraúbas Alerta", que acontecerá no dia 14/12, encerrando as atividades, com concentração as 16h00 na Praça Elizabete Elita, com participação especial do Grupo de Teatro Ciranduis, que acompanhará toda a caminhada. Participemos!!
PONTO DE VISTA: ESSA SERÁ UMA AÇÃO QUE PODERÁ FAZER TODA A DIFERENÇA NA VIDA DOS JOVENS. aO SE ENGAJAREM EM ATIVIDADES DE CUNHO SOCIOEDUCATIVA E INFORMATIVA OS JOVENS COEÇAM A PENSAR QUE PODEM FAZER ACONTECER MUDANÇAS EM SUAS VIDAS. VAMOS INCENTIVAR OS JOVENS A PARTICIPAREM. MOBILIZE SUA ESCOLA, PROJOVEM ADOLESCENTE, PETI, SEU GRUPO DE JOVENS, ESCOTEIROS, DEMOLES, ENTRE OUTROS.

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Coletivo do Projovem Adolescente da Comunidade de São Geraldo apresentou Projeto de Participação Popular

Coletivo Projovem Adolescente - São Geraldo

O Coletivo do Projovem Adolescente de São Geraldo, mobilizou as comunidade circunvizinha, como: Apanha-Peixe e Mariana, para participarem da apresentação do Projeto de Participação Social, que encerrou as ações do coletivo em 2012. AO evento aconteceu no dia 28 de Novembro, as 19h30, na Escola de Apanha Peixe.
Os jovens que totalizam 22, detectaram a necessidade da implantação do ensino médio na comunidade de Apanha-Peixe e explicaram aos presentes o porque da necessidade e a importância que tem para os jovens o ensino médio naquela comunidade, justificando a escolha do tema para o projeto de encerramento das atividades do Projovem Adolescente.

A Orientadora Social do coletivo, Rúbia, agradeceu a presença das famílias, das autoridades e dos jovens, enfatizando a importância da ação dos jovens, o protagonismo através de tão importante serviço socioeducativo, que é o Projovem Adolescente, principalmente para os jovens da zona rural. 
O evento contou  com a presença do Prefeito Alcivan Viana, da Secretária de Assistência Social, Maria Josilene, da Coordenadara do CRAS São Severino, Sônia Pereira e do Orientador Social, Ediberton Morais. Também marcou presença o coletivo da comunidade de Mariana, acompanhado por seu Orientador Social, Clemilson e os jovens do referido coletivo.

Confira fotos do evento:
Orientadora Social, Rúbia


A Comunidade presente