sábado, 30 de julho de 2016

Semana Mundial da Amamentação 2016 - Presente Saudável, Futuro Sustentável!

comoajudar banner
Você se importa com as pessoas, o planeta, a prosperidade e a paz? Junte-se a muitos que acreditam no desenvolvimento sustentável – pessoas que atualmente vivem de uma forma que não prejudicam as gerações futuras. Este ano a Semana Mundial da Amamentação irá concentrar nos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) que os governos ao redor do mundo se comprometeram a alcançar até 2013!
A Semana Mundial da Amamentação é importante por ser uma estratégia de mobilização social que contribui para conscientizar a população e profissionais de saúde sobre a importância do aleitamento materno para a saúde da mãe e do bebê, e os benefícios que traz para a sociedade e o País. A SMAM também contribui significativamente para o aumento dos índices de amamentação e para a redução das taxas de mortalidade infantil, com a consequente melhora da saúde da população infantil e materna.
“A Semana Mundial de Aleitamento Materno 2016 (SMAM 2016) traz um tema amplo e que vem ao encontro de uma situação atual do mundo: o desenvolvimento sustentável. O tema exige uma reflexão que ultrapassa os limites da questão ecológica da amamentação.Amamentar é reduzir morbidades, mortalidade, desigualdades, violência, danos ambientais. Amamentar é promover a vida e a saúde e melhorar sua qualidade, é intensificar as relações sociais, é um resgate cultural da condição humana, é segurança alimentar e nutricional, é reduzir impactos ambientais, é sustentável”.

MAPA ESTATÍSTICO

  • O leite materno é “natural, um alimento renovável seguro para o meio ambiente, que é produzido e entregue ao consumidor sem poluição, embalagem, ou residuos”. 
  • A produção e o uso de leite artificial gera emissões de gases de efeito de estufa (GEE) que acelera o aquecimento global e também produzem poluição e emissão tóxica do lixo eliminado. Embora ainda não quantificado os gastos, existem os custos para o meio ambiente associados a bebês não amamentados. 
  • 720.450 toneladas de leite em pó vendidos anualmente em 6 países asiáticos gerou quase 2,9 milhões de tonelada de gases de efeito de estufa. Isto é o equivalente à cerca de 11.000 milhões de kilometros dirigidos por um veículo de passageiro ou 1,03 milhões de toneladas de resíduos enviados para aterros sanitários.
  •  Estima-se que mais de 4000 litros de água são necessarios para produzir 1 Kg de leite em pó.
  •  Amamentação significa menos emissão de gases de efeito de estufa (GEE), degradação ambiental e poluição.
  •  A amamentação ajuda a transição para uma economia de baixo carbono a partir de uma base de combustíveis fósseis. Nenhuma eletricidade é necessária para produzir o leite materno e não precisa de combustível para o transporte, o que resulta na redução de emissão de dioxido de carbono, o principal gás de efeito de estufa.
   AÇÕES
  • Recomende os seus governantes para incluir melhoras nas práticas do aleitamento materno como estratégia para alcançar os ODS. 
  • Incentive pesquisadores para quantificar o dioxido de carbono que é liberado para a atmosfera, ou seja, quantificar a pegada de carbono devido a formula infantil no seu país. 
  • Use esses dados para recomendar os seus governantes para alocar um orçamento para políticas e programas a fim de aumentar a prática da amamentação, como forma de diminuir a poluição ambiental. Inclua a amamentação em qualquer lista de ações para reduzir a pegada de carbono e água, e inclua a amamentação em publicidades sobre as alterações climáticas. 
Fonte: Portal da Saúde SUS/WABA

Semana Mundial da Amamentação 2016.

Resultado de imagem para semana mundial da amamentação 2016
A Semana Mundial da Amamentação (SMAM) é comemorada desde 1992 em mais de 150 países, por iniciativa da World Alliance for Breastfeeding Action (WABA) – Aliança Mundial para Ação em Aleitamento Materno. Criada em 1991 como um órgão consultivo do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), a WABA é uma organização não governamental constituída por uma rede mundial de indivíduos e organizações empenhadas na proteção, promoção e apoio ao aleitamento materno como um direito de mães e crianças, independente de raça, credo ou nacionalidade.
Até 1998, a SMAM no Brasil foi coordenada pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). No ano seguinte, a coordenação passou ao Ministério da Saúde, que continuou a realizar as campanhas em parceria com a SBP.
Dez anos depois, o MS publicou a Portaria nº 2.394, de 7 de outubro de 2009, instituindo as comemorações da Semana Mundial da Amamentação no Brasil entre 1 e 7 de agosto, ou seja, de acordo com o calendário internacional. A Portaria delegou ainda a coordenação da SMAM à Coordenação-Geral de Saúde da Criança e Aleitamento Materno, do Departamento de Ações Programáticas Estratégicas, da Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, e oficializou a parceria do MS com a SBP.
A Semana Mundial da Amamentação é importante por ser uma estratégia de mobilização social que contribui para conscientizar a população e profissionais de saúde sobre a importância do aleitamento materno para a saúde da mãe e do bebê, e os benefícios que traz para a sociedade e o País. A SMAM também contribui significativamente para o aumento dos índices de amamentação e para a redução das taxas de mortalidade infantil, com a consequente melhora da saúde da população infantil e materna.

Resultado de imagem para semana mundial da amamentação 2016
“A Semana Mundial de Aleitamento Materno 2016 (SMAM 2016) traz um tema amplo e que vem ao encontro de uma situação atual do mundo: o desenvolvimento sustentável. O tema exige uma reflexão que ultrapassa os limites da questão ecológica da amamentação.
Amamentar é reduzir morbidades, mortalidade, desigualdades, violência, danos ambientais. Amamentar é promover a vida e a saúde e melhorar sua qualidade, é intensificar as relações sociais, é um resgate cultural da condição humana, é segurança alimentar e nutricional, é reduzir impactos ambientais, é sustentável”
Nota do Blog: Em Caraúbas-RN, a Semana Mundial da Amamentação é comemorada pelo Hospital Regional Dr. Aguinaldo Pereira da Silva, instituição que implementa serviço de maternidade, referência na atenção do parto, nascimento e pós-parto, e pela Secretaria Municipal de Saúde através das unidades Básicas de Saúde, aonde deve primar pela prevenção nas ações voltadas para atenção a saúde da criança e da mulher através do Pré-Natal, Acompanhamento e Desenvolvimento da Criança e Planejamento Familiar. Fique atentos(as), a programação das Unidade Básica de seu Bairro e no Hospital Regional Aguinaldo Pereira da Silva. A SMAM vai de 1 a 7 de Agosto 2016 em todo mundo, embora cada país e Estados e Municípios definem seu calendário de atividades, podendo se estender por todo mês.
Fonte: Portal da Saúde SUS

Se Ligue...É Bom Saber!

Confira as principais datas previstas no calendário eleitoral do pleito deste ano
A Reforma Eleitoral 2015 (Lei n° 13.165/2015) promoveu algumas alterações na Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997) com novas datas e regras para realização das convenções partidárias e dos registros de candidatura que já passam a valer para as eleições municipais deste ano.
As convenções partidárias para a escolha dos candidatos pelos partidos e a deliberação sobre coligações devem ocorrer de 20 de julho a 5 de agosto. No caso das convenções não indicarem o número máximo de políticos, as vagas que sobram devem ser preenchidas em até 30 dias antes do pleito, não mais 60 dias, como era na legislação anterior.
Com a nova redação mudou também para o dia 15 de agosto a data final para solicitação do registro dos candidatos do ano eleitoral. A Lei determina que o prazo de entrada do requerimento de registro de candidato a cargo eletivo em cartório ou na secretaria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) terminará, sem possibilidade de prorrogação, às 19h do dia 15 de agosto do ano em que se realizarem as eleições. A redação anterior do dispositivo previa como prazo final o nonagésimo dia anterior à data das eleições.
Em relação a postergação do prazo do registro de candidatura, o ministro Henrique Neves ressalta que é importante os candidatos ficarem atentos. “Não precisa esperar [o fim do prazo], eles podem pedir o registro de candidatura antes do dia 15, tão logo seja realizada a convenção partidária”.
Segundo o ministros, os partidos políticos que realizarem esse pedido com antecedência terão uma vantagem, pois já estarão com toda documentação pronta já para o dia 16 de agosto, quando se inicia a propaganda eleitoral.
“Para que ele possa realizar a campanha, tem que despender gastos, e para isso ele precisa ter um CNPJ e uma conta aberta. Então em uma ordem cronológica o candidato é escolhido em convenção, ele pede o registro a JE, comunica a Receita Federal que emite o CNPJ e o candidato vai ao banco para abrir uma conta”, disse o ministro Henrique Neves ao reforçar que se o candidato esperar para solicitar o CNPJ somente no dia 15 de agosto, isso significaria menos tempo para captar recursos e efetivar gastos eleitorais.
“Então, quanto antes os candidatos vierem à Justiça Eleitoral, maior benefícios terão para fazer uma campanha tranquila e transparente”, completou.
A Reforma 2015 modificou ainda o prazo para até 20 dias antes das eleições para que os Tribunais Regionais Eleitorais enviem ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a relação dos candidatos às eleições majoritárias e proporcionais, da qual constará obrigatoriamente a referência ao sexo e ao cargo a que concorrem.
Fonte: TSE.

Comemorando a vida...

Feliz Festa da Vida - Feliz Aniversário Elisabete Fernandes

"Festejar é celebrar a vida. É curtir o hoje, esquecer o ontem e não temer o amanhã. Festejar é deixar que a música seja o maestro soberano do corpo. É perceber que dinheiro nenhum substitui o valor das amizades. Festejar é ser livre para decidir os rumos da própria vida".Manifesto pela liberdade .
Que sua data de brindar a vida seja de bençãos e muitos abraços amavéis! Hoje é seu Dia D! Parabéns amiga!


Resultado de imagem para 30 de julho dia mundial contra o trafico de pessoas

A ONU - Organização das Nações Unidas assinalou o dia 30 de Julho como o Dia Mundial contra o Tráfico de Seres Humanos. A designação desta data tem como objetivo chamar a atenção para a problemática do tráfico de seres humanos e encorajar os cidadãos do mundo inteiro a adotarem ações no combate a este crime.
O tráfico de seres humanos é um crime que afeta diferentes países, desenvolvidos ou não, e atinge especialmente mulheres e crianças. Em Portugal tem aumentado a cada ano o número de situações de tráfico identificadas, sendo este país identificado atualmente como um local de origem, trânsito e destino de vítimas. De acordo com o último relatório estatístico divulgado pelo Observatório do Tráfico de Seres Humanos, em 2013 foram identificadas 299 potenciais vítimas de tráfico de seres humanos em Portugal, sendo a sua maioria homens estrangeiros sujeitos à exploração laboral (www.otsh.mai.gov.pt)
A APAV trabalha para que haja uma maior sensibilização da sociedade portuguesa quanto ao tráfico de seres humanos e para que as vítimas deste tipo de crime possam exercer os seus direitos e recebam apoio adequado. Como parte deste trabalho, a APAV tem desenvolvido diversas iniciativas voltadas à sensibilização, como ações junto a escolas e outros públicos, e no âmbito do apoio gere um Centro de Acolhimento e Proteção destinado a mulheres vítimas de tráfico e seus filhos menores.
Neste primeiro Dia Mundial contra o Tráfico de Seres Humanos a APAV chama a atenção para a necessidade de todas as pessoas estarem mais alerta e envolvidas na identificação e denúncia deste crime.
Mais informações sobre o tráfico de seres humanos:
APAV | UAVM